Ao iniciar o Advento, é costume abençoar a Coroa do Advento e acender em cada domingo as velas que a compõem. Qual a origem e significado da Coroa do Advento? A Coroa do Advento teve sua origem entre povos do norte da Europa, que preparavam uma roda de carroça, enfeitada com ramos e luzes, para […]
" /> A Coroa do Advento

A Coroa do Advento

Ao iniciar o Advento, é costume abençoar a Coroa do Advento e acender em cada domingo as velas que a compõem.

Qual a origem e significado da Coroa do Advento?

A Coroa do Advento teve sua origem entre povos do norte da Europa, que preparavam uma roda de carroça, enfeitada com ramos e luzes, para agradar a um deus pagão, o deus do sol, que se escondia durante as longas noite do inverno do norte europeu.

Os cristãos, também no inverno, no mês de dezembro, celebravam o Natal. Assim, adotaram este costume, mas mudando-lhe, completamente, o significado. Para nós a Coroa do Advento lembra a preparação para o Natal, festa da luz e da vida, quando veio ao nosso mundo Cristo, o Sol que não tem ocaso.

Finalidade

A finalidade da Coroa de Advento é, pois, é anunciar a chegada do Nata, preparar-nos para sua celebração, e mostrar que Jesus Cristo é a verdadeira luz, o Deus da Vida que nasce para a vida do mundo.

Simbolismo da Coroa de Advento

Os elementos que compõe, a Coroa do Advento são:

A forma circular, os ramos verdes, os Laços vermelhos e as quatro velas.

1 – A forma circular – A coroa tem a forma de círculo, símbolo da perfeição, símbolo da eternidade, da unidade, do tempo que não tem início nem fim. Lembra também o ciclo do ano, do tempo, o ir e o vir da história, sempre marcado pela presença daquele que é a Luz do mundo, Senhor do tempo e da história.

2 – Os ramos verdes – Os ramos verdes que enfeitam a coroa costumam ser de ciprestes, que não perdem as folhas no inverno. É, pois, sinal da esperança, da imortalidade, da vitória sobre a morte.

3 – Os Laços vermelhos – São o símbolo do amor de Jesus Cristo, o Verbo que se fez carne por nosso amor.

Os quatro laços lembram os pontos cardeais, indicando que a vinda de Jesus é anúncio da luz de salvação para o mundo inteiro.

4 – As quatro velas – Usam-se três velas roxas e uma vela de cor rosa.

O roxo indica a penitência, a conversão a Deus e o rosa é sinal de alegria pelo próximo nascimento de Jesus. A vela cor de rosa é usada no 3º domingo do Advento, chamado de Domingo “Gaudete” (Alegrai-vos).

As quatro velas indicam as quatro semanas do Tempo do Advento, as quatro fases da História da Salvação preparando a vinda do Salvador (da criação até Noé; o tempo dos Patriarcas, o tempo dos Reis e tempo dos Profetas).

As quatro velas lembram também os quatro pontos cardeais, a Cruz de Cristo, o Sol da salvação, que ilumina o mundo envolto em trevas.

Resultado de imagem para coroa do advento

O ato de acender gradativamente as velas significa a progressiva aproximação do Nascimento de Jesus, a progressiva vitória da luz sobre as trevas.

Em cada domingo do Advento, acende-se uma vela da coroa. De uma a uma, a luz vai aumentando, até chegar à grande festa da Luz, que proclama Jesus Cristo como Salvador, nosso Deus que nos visita, que vem habitar entre nós (Cf. Jo 1, 1-14).

Podemos ver também nas quatro velas algumas virtudes, que nos preparam para o tempo do Natal.

Unindo os diversos significados, podemos fazer a seguinte explicação para cada vela:

Primeira vela: Da criação de Adão e Eva até Noé.

É a Vela da penitência: e lembra o perdão concedido por Deus a Adão e Eva depois de sua queda, juntamente com a promessa do Salvador.

Segunda vela: O tempo dos patriarcas.

É a vela da esperança: e lembra a confiança que os patriarcas depositavam nas promessas de Deus.

Terceira vela: o tempo dos reis.

É a vela da alegria: e lembra o período dos reis, especialmente o Rei Davi e sua descendência precursora do Messias.

Quarta vela: o tempo dos profetas.

É a vela da fé: e lembra os ensinamentos dos profetas, que anunciam a vinda do Salvador, que nasceria da Virgem Maria.

Deixe seu Comentário


Todos os direitos reservados : Trinity Web